Menu
O professor é o principal vetor de transformação da Educação

Com base em pesquisas e com a convicção de que o professor é o principal vetor de transformação da educação, criamos em 2014 o Projeto Melhores Cabeças, com o forte intuito de atrair talentos para a carreira docente.

Em parceria com as Diretorias de Ensino do Vale do Paraíba, buscamos alunos da rede pública que tenham como projeto de vida a carreira docente e apresentem bom desempenho acadêmico, para participarem do processo seletivo. Através dele, identificamos jovens que compartilham conosco a ideia de que a Educação é a principal ferramenta de transformação, de igualdade e de justiça para nossa sociedade.

 

Os estudantes do 3º ano do Ensino Médio das escolas das Diretorias participantes respondem a uma pesquisa sobre Projeto de Vida.

Dentre aqueles que escolheram ser professor, convocamos os que possuem alto desempenho acadêmico para participarem do nosso processo seletivo.

Realizamos dinâmicas de grupo e entrevistas para selecionar aqueles candidatos que têm brilho nos olhos e dividem conosco o sonho de transformar a Educação.

Uma vez selecionado o Educador de Futuro, como chamamos nossos jovens, terá direito a:

. Bolsa de estudos integral em cursos de Pedagogia e Licenciaturas;

. Bolsa-auxílio mensal para gastos relacionados aos estudos;

. Ingressar na jornada formativa Professores do Século XXI

Com duração de sete anos (os quatro anos da graduação e os três primeiros anos do início da vida profissional) a jornada formativa é constituída por três ações complementares: o coaching, a mentoria e encontros de estudo teórico-práticos. Como tudo em que acreditamos, essa é uma relação de troca e parceria. Por isso, exigimos do Educador de Futuro presença nas aulas e manutenção da nota em padrões acima da média exigida pelas universidades. Além disso, é esperado que ele atue como professor no Vale do Paraíba durante, no mínimo, 3 anos após sua graduação, somando 7 anos em que o participante será acompanhado pela FLUPP.

O professor é o principal vetor de transformação da Educação
ANA LUIZA TROMBIM Turma de 2021

Ana Luiza é natural de São José dos Campos, mas hoje mora em São Sebastião. Ao receber a oportunidade de ser bolsista da FLUPP, ela reconsiderou seus planos, especialmente após uma experiência gratificante como aluna acolhedora e pela influência de várias professoras em sua família, incluindo sua mãe. Sua paixão pela pedagogia cresceu ao longo do curso, com cada matéria a encantando e os estágios com crianças sendo especialmente gratificantes. Ana concluiu seu curso em 2023 e aguarda uma oportunidade para atuar como professora.

JULIA FORONI Turma de 2020

Julia Foroni é formada em Educação Física pela UNITAU. Desde a infância, esteve envolvida com o esporte, e na adolescência descobriu o poder transformador que ele tem na vida das pessoas. A influência de bons professores de Educação Física a levou a escolher ser professora. Durante a graduação, Julia participou ativamente de projetos como PIBID, Residência Pedagógica, Projeto Rondon, vice-presidência do Diretório Acadêmico, além de ganhar medalhas nos Jogos Universitários (JUTA). Atualmente, ela leciona Futsal em um Projeto Social em Pindamonhangaba.

LETÍCIA JERÔNIMO Turma de 2020

Letícia é formada em Licenciatura em Ciências Biológicas e seu desejo de impactar pessoas foi o que a motivou a entrar na área da educação. Durante a graduação, seu interesse pela educação não formal e pelo ensino de ecologia cresceu significativamente. Letícia realizou projetos ensinando metodologia científica para alunos de escolas públicas do Vale do Paraíba, além de atividades relacionadas à ecologia, envolvendo plantas e aves. Em 2024, ela está começando seu mestrado em Ecologia e Conservação da Biodiversidade na Universidade Estadual de Santa Cruz.

KHADIJA CECÍLIA Turma de 2020

Khadija cursou Licenciatura em Ciências Biológicas na Unitau, recebeu três bolsas mérito, por excelência de nota, participou do PIBID e Residência Pedagógica da CAPES, como bolsista. Além de participar de projetos voltados à educação básica, fez estágio em laboratório e Fez diversos cursos e formações nas áreas de ecologia, zoologia e educação.

ISABELLA LEITE Turma de 2019

Isabella escolheu ser professora porque quer fazer diferença na vida das crianças. Se formou em 2021 e em 2022 atuou como professora de inglês em uma escola particular.

Neste ano assumiu o cargo de professora 1 na prefeitura de Taubaté-SP, dando aula para dois 2º anos em uma escola da periferia da cidade.

ANA PAULA CURSINO Turma de 2019

Ana Paula é uma pessoa cuja trajetória escolar a deixou encantada e a fez saber desde cedo que sua realização profissional estava ligada à Educação Pública. Foi num passeio pedagógico que descobriu a Biologia, a qual naquele instante já se tornou uma paixão. Hoje, é licenciada em Ciências Biológicas, atua como professora na rede estadual em sua cidade natal, Pindamonhangaba e visa lapidar mais e mais sua veia educadora, marcando vidas por meio do aprender, do amor e do respeito à vida!

SCHEIDT RAINNER Turma de 2019

Scheidt é formado em Ciências Biológicas pela UNITAU, durante a graduação atuou no projeto de extensão com ciência lúdica, foi monitor voluntário do PID em Bioquímica e também no Residência Pedagógica. Em 2022, foi premiado por boas notas. Publicou um capítulo sobre ciência lúdica no e-book da UNITAU e um artigo na revista Biociências. Hoje atua como professor na rede estadual de ensino e está se especializando em Educação e Tecnologia pela UFSCAR e se interessa pelo ensino de Biologia.

MYRELLA MIRANDA Turma de 2019

Myrella possui 21 anos e é de Pindamonhangaba. Se formou em 2022 em Ciências Biológicas, área pela qual se encantou quando estava no ensino médio, graças a ótimos professores que teve durante o período.
Aos 13 anos descobriu que queria seguir a carreira docente e logo foi incentivada por familiares e professores próximos, os quais foram essenciais em sua vida.
Agora, após formada, Myrella trabalha em uma escola na cidade de Moreira César, apenas como substituta, mas está em busca de sua própria sala de aula.

MARIANA DE OLIVEIRA Turma de 2019

Quando era criança, Mariana, gostava muito de enfileirar as bonecas e com uma lousinha e giz, passava horas brincando de ensinar. Com o tempo e o amadurecimento, Mariana decidiu se tornar professora. Seus professores foram inspirações, em especial um professor de matemática que sempre acreditou no potencial dela, que mesmo sabendo da dificuldade que Mariana tinha em sua matéria, ajudou e ensinou com paciência. Além de auxiliar com a inscrição para a bolsa da faculdade de pedagogia da FLUPP, acolheu esse sonho e ajudou a tornar a professora que é hoje.

LUCAS ANTONIO Turma de 2019

Nascido em um bairro periférico da cidade de Taubaté, Lucas sempre foi apaixonado pela leitura, por acreditar os livros são capazes de nos levarem para conhecer todo o mundo. Escolheu estudar Pedagogia para mudar a realidade em que vive e das pessoas à sua volta, acreditando que a Educação é o caminho para o autoconhecimento e também para o entendimento do mundo ao seu redor. Como estudante, participou dos projetos PIBID e Residência pedagógica. Atualmente, é professor na rede municipal de Taubaté, em uma escola próxima a seu bairro.

DÉBORA MARTINS Turma de 2019

Natural de Guaratinguetá, Débora veio de uma família grande onde sempre foi incentivada a construir suas histórias e caminhos. Sua irmã mais velha, cursou física e foi professora por um breve período na escola onde Débora estudou, se tornando uma das pessoas inspiradoras para que Débora se tornasse professora. Hoje ela trabalha como professora eventual em uma escola de Guará e logo irá começar um curso de especialização em Gestão Escolar. 

ISABELLE SOFIA Turma de 2018

Isabelle sempre teve uma paixão imensa em trabalhar com pessoas e esse amor desencadeou incríveis histórias e experiências educacionais.

Gostar de ensinar, de contribuir nas trajetórias dos indivíduos, de aprender e divulgar conhecimentos, foram os principais motivos para escolher a pedagogia.

Graduada pela UNITAU e premiada por atingir as maiores notas da turma em 2020 e 2021, além de participar de diversos eventos sobre a lecionação. Hoje é professora temporária do município em Pindamonhangaba.

GABRIELE BATIVA Turma de 2018

Nascida na cidade de Campos do Jordão, desde criança a Gabi é encantada pela educação.

Escolheu cursar História, porque queria descobrir o motivo das coisas serem como são.

Atualmente, cursa Licenciatura em Pedagogia no Instituto Federal de São Paulo, buscando por novas experiências e almejando ajudar o mundo por meio da educação.

BRUNA RODRIGUES Turma de 2017

Bruna cursou Pedagogia na UNITAU e foi considerada a melhor aluna da sala por três vezes. Durante a graduação, participou do PIBID e de ações solidárias com crianças o objetivo de estimular a Educação e a atividade de brincar. Além disso, Bruna aprofundou seus conhecimentos em Pedagogia em um curso de Neurociências.

IGOR GODOI Turma de 2017

Igor cursou Licenciatura em Física na UNITAU e fez iniciação cientifica no INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais). Ele participou do PIBID e do Show da Física. Essa iniciativa leva, de uma forma lúdica e interativa, conhecimento para jovens e adultos, despertando a curiosidade e o físico que existem em cada pessoa. Também fez estágio em uma escola apoiada pela FLUPP através da Parceiros da Educação.

VICTOR FELIPE MENEZES DOS SANTOS Turma de 2017

Victor cursou Licenciatura em Física e sempre ajudou seus colegas a estudarem exatas. Ele estagiou em diferentes escolas da Rede Estadual de Pindamonhangaba e de Taubaté. Participou do PIBID, do Show da Física e do Projeto “Física mais que divertida”, vinculado à Prefeitura de Taubaté para o Ensino Fundamental. Victor vai prestar concurso na Diretoria de Ensino de Pindamonhangaba. Ele tem a certeza de que quer atuar com Educação e com projetos da FLUPP ainda por bastante tempo.